A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Saúde (Semsa), recebeu na última semana, denúncias de que pessoas notificadas com casos de Covid-19 estariam trabalhando em estabelecimentos de saúde e comercias no município. As equipes das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica estiveram nos locais e, em um estabelecimento de saúde particular, encontraram trabalhando uma profissional de saúde pertencente ao quadro de casos suspeitos da doença, que logo depois teve seu resultado positivo confirmado. 

A profissional estava sendo monitorada e recebia todos os cuidados e orientações do município, mas mesmo assim, descumpriu o isolamento determinado pelo Ministério da Saúde. Mediante a este fato, a profissional assinou o termo de isolamento na presença das autoridades sanitárias e teve suas atividades interrompidas, uma vez que, estando ali, colocava em risco a saúde de outras pessoas.  

Além disso, a equipe do município atendeu outras duas denúncias. Uma se tratava de funcionário de estabelecimento comercial e a outra também de profissional da saúde atuando em estabelecimento privado, mas nesses dois casos, as pessoas já tinham recebido o acompanhamento pelo tele monitoramento e estavam aptas a retornarem as suas atividades.  

A Semsa orienta que violar o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública. As pessoas com suspeita ou que testaram positivo para Covid-19 devem permanecer em isolamento, seguindo todas as orientações recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Artigo anteriorAnchieta – Pavimentação de ruas dá cara nova ao bairro Nova Anchieta
Próximo artigoSebrae – Setores de Pet Shops, Agronegócio e Autopeças conseguem reduzir ritmo de perdas na pandemia
Jornalista formado pela Universidade Ceub - Brasilia/DF. Ex-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais e Revistas do Interior do Estado do Espírito Santo - de 2013 a 2016