06/04/2021- 16h27

A Secretaria de Assistência Social, por meio do Centro de Referência de Assistência Social de Anchieta (Cras), vem informar que os atendimentos aos usuários para os diversos serviços e programas do Sistema Único da Assistência Social (Suas) não foram interrompidos no período da pandemia da Covid-19. Eles continuam sendo realizados das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira, mesmo nos períodos de risco alto e extremo, devido a necessidade de atender a população em situação de vulnerabilidade e insegurança alimentar.

Salientamos que o atendimento para Cadastro Único (para cadastros novos e atualização de cadastros) estão sendo agendados nas sextas-feiras pelos telefones (28) 99945-5863 e (28) 3536-3697, porém o atendimento precisa ser presencial.

Quanto aos atendimentos sociais para benefícios eventuais – auxilio alimentação (cesta básica), estes são agendados pelos telefones (28) 3536-3770 e (28) 99906-3195, e a equipe técnica vai em loco fazer o atendimentos e entrega do benefício. Foram concedidas em janeiro 404 cestas básicas, em fevereiro 485 cestas básicas e em março 695 cestas básicas.

Quanto ao auxílio natalidade, a gestante protocola o pedido no Setor de Protocolo da prefeitura, logo após, o processo é encaminhado a Secretaria Municipal da Assistência Social (Semas) e ao Cras para avaliação e posterior concessão. No primeiro trimestre foram atendidas 43 gestantes.

Referente ao Ticket Vale Feira, o usuário o requer, em atendimento social, e o técnico faz a avaliação segundo os critérios da lei, para sua concessão.  Em janeiro foram concedidos 113 Vales Feira, em fevereiro 118, em março foram 136.

O auxilio funeral é requerido junto à Secretaria de Assistência Social e no  telefone de plantão 24h, totalizando no primeiro trimestre de 2021, 16 auxílios concedidos.

A segunda via de certidão de nascimento também é solicitada em atendimento social no Cras, sem necessidade de agendamento. Nesse primeiro trimestre foram atendidos um total de 16 pessoas  com esse benefício.

Quanto ao BPC/LOAS, o CRAS disponibiliza uma técnica exclusiva para esse benefício, tendo em vista o aumento da procura por esclarecimentos e encaminhamento ao INSS. O atendimento é feito presencialmente por agendamento ou demanda espontânea. E no  primeiro trimestre deste ano foram 226 atendimentos.

No primeiro trimestre de 2021, foram  realizados  pelo CRAS o total de   2.252 atendimentos.

A coordenação do Cras destaca que o atendimento na entidade é humanizado, e que existe uma acolhida ao usuário que procura o serviço. O objetivo é ofertar um atendimento de qualidade, onde se possa conhecer melhor a realidade social de quem demanda os serviços. Não são distribuídas senhas, nem fichas, e todos os agendamentos realizados recebem a visita do técnico.

O Cras se disponibiliza para maiores esclarecimentos, e todas as informações constantes nessa nota estão embasadas em documentação.

A coordenadora do Cras salienta que, referente a uma reportagem postada recentemente em um jornal regional, em nenhum momento foi procurada pela reportagem para prestar esclarecimentos, e que os dados informados na reportagem não condizem com a realidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui