Velório e sepultamento ocorreram na tarde deste sábado (1º) em Marechal Floriano

O caminhoneiro Andrieverson Rocha, 26 anos, e a advogada Amanda Beltrame, 30, mortos em um acidente envolvendo um caminhão carregado de inhames, na tarde de sexta-feira (31), na BR 262, em Marechal Floriano, foram sepultados juntos na tarde deste sábado (1º), no cemitério de Victor Hugo, distrito de Marechal. 

O casal celebrou noivado em julho de 2021 e tinha planos para se casar em 2022, após reformarem a futura casa no bairro Rosa da Penha, em Cariacica, onde iriam morar. 

A decisão foi de ambas as famílias, informou o irmão de Amanda, Arthur Beltrame. Bastante emocionado, ele não deu mais detalhes sobre velório e sepultamento, dizendo que todos estavam muito tristes e abalados.

Rocha e Amanda iriam se encontrar com parentes no sítio do pai do caminhoneiro para festejar o Ano Novo. A moça pegou carona com o noivo, que dirigia o caminhão que transportava uma carga de inhame. O veículo saiu de Xuri, em Vila Velha, e seguia para Alfredo Chaves, onde entregaria os tubérculos. Depois, os dois seguiriam para a festa no sítio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, o caminhão capotou e tombou na BR 262, próximo ao Posto do Café, em Marechal Floriano. A carga ficou espalhada na estrada e a pista teve que ser interditada. O casal já estava morto quando os bombeiros e Samu prestaram primeiros socorros

A foto abaixo mostra o terrível acidente ocorrido com o casal.

Fonte: Folha Vitória

Artigo anteriorValeu, Bolsonaro! • Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido
Próximo artigoAmericana│IPTU • Contribuintes podem pedir isenção a partir de 3 de janeiro
Jornalista formado pela Universidade Ceub - Brasilia/DF. Ex-presidente da Adjori/ES - Associação dos Jornais e Revistas do Interior do Estado do Espírito Santo - de 2013 a 2016